Evento homenageia dona Irene e enaltece a gastronomia de Itapissuma

Esta postagem foi publicada em 21 de junho de 2019

“Paladar e Carisma: uma homenagem à Dona Irene”. Esse foi o tema do coquetel promovido pelos alunos do terceiro módulo, do curso de Gastronomia da Faculdade Senac, ontem (19/06), no Salão de Eventos do novo prédio. A ação comandada por alunos e professores, tem o objetivo de trazer ao público a memória e o legado deixado pela homenageada, eternizada por sua famosa receita de caldeirada. Durante o evento foi exibido um minidocumentário, assinado por Vitor Dutra, produtor e aluno da turma organizadora.

A ação foi prestigiada por chefs pernambucanos de renome como César Santos, Rapha Vasconcellos, Claudemir Barros e Sofia Mota, entre outros, que ficaram fascinados com o menu preparado pelos alunos. Os pratos tiveram supervisão dos professores e chefs Luciana Sultanum, Francisco Rebelo e Robson Lustosa, com receitas típicas do Litoral Norte pernambucano, trazendo consigo o conceito de finger food e enaltecendo toda a riqueza marítima da costa pernambucana e foram harmonizados com cervejas da Capunga e da Cachaçaria Sanhaçu.

O menu apresentou possibilidades de integração da cozinha clássica italiana e francesa com a culinária pernambucana: croqueta de arraia, arroz de aratu, vinagrete de pescada, filé de siri, sururu cremoso, quiche de camarão, manjubinha com maionese de alho e, claro, a tradicional caldeirada, além da sobremesa, galete de tapioca com passa de caju.

O aluno Vitor barros é um apaixonado pela região e foi ele quem sugeriu à turma que o Projeto Integrador fosse feito em cima de Itapissuma, homenageando dona Irene. “Depois que outro colega, Cláudio Queiroz, apresentou as maravilhas da gastronomia daquele lugar, fizemos questão de fazer um evento com esta temática. A ideia foi trazer um olhar diferenciado e um prestigio para a Faculdade. Os insumos utilizados nos pratos, todos frescos, foram adquiridos lá em Itapissuma, como forma de valorizar os produtos locais. Precisamos dar mais valor à nossa cultura”.

A gerente Comercial e sócia da Cachaçaria Sanhaçu, Elk Barreto, marcou presença e ficou muito feliz com a valorização de seu produto durante o evento. “O cardápio ficou maravilhoso, impecável. Ficamos muito contentes de agregar valor à nossa marca e prestigiar um evento deste porte. A cachaça é uma bebida nacional, faz parte de nossa cultura. A gente fica muito satisfeito em saber que os estudantes irão para o mercado com uma nova visão da bebida”, destaca.

Um dos convidados, o embaixador da gastronomia pernambucana e proprietário do restaurante Oficina do Sabor, em Olinda, o chef César Santos destaca que os alunos fizeram um trabalho muito bonito e elogiou bastante os sabores. “Eles resgataram a essência e o sabor pernambucano, pois a região é muito rica. Quem sabe estes  serão os futuros profissionais do mercado dando uma nova cara, uma nova roupagem pra caldeirada naquela região?”. Já Lidiane da Caldeirada, conhecida como a princesa da caldeirada de Itapissuma, esteve presente e aprovou tudo. “Foi uma honra provar as comidinhas da minha terra com cara de luxo. Os alunos estão de parabéns”.


Por: Luciana Torreão/Luciano Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *