Palestra aborda feminicídio e assédio sexual e moral no trabalho

Esta postagem foi publicada em 22 de maio de 2019

“Assédio no ambiente de trabalho” e “O silêncio mata: da agressão ao feminicídio”, foram os temas abordados pelas especialistas e advogadas Raquel Gervazoni e Vanessa Castelo, respectivamente, em evento realizado na Faculdade Senac, ontem (21/05), com presença de estudantes dos curso de Administração, Gestão de Recursos Humanos e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Elas falaram sobre violência contra mulher, feminicídio e assédio moral e sexual no ambiente de trabalho.

Pós-graduada em Direito Civil e Processo Civil pela Universidade Cândido Mendes (Ucam/RJ), conciliadora pela Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj), membro da OAB Mulher (RJ) e da Associação Nacional da Advocacia Criminal (Anacrim), Raquel Gervazoni explica que as mulheres sofrem assédio moral ou sexual dentro de grandes empresas e acabam cedendo. “Muitas vezes o chefe diminui, afronta e subjuga funcionárias. Elas não denunciam por medo de perderem o emprego. É importante levar o assunto para conhecimento e conscientização das pessoas em geral, assim como profissionais e empresas, a fim de inibir este tipo de comportamento. O setor administrativo e o RH podem criar canais de prevenção e proteção, realizar palestras e workshops no intuito de diminuir o número de casos”.


Por: Luciana Torreão / Luciano Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *